6 diferenças entre o amor e a paixão

Entenda a diferença entre um amor e uma paixão para a vida de uma pessoa.

Crescemos ouvindo de todos ao nosso redor, que a paixão é diferente do amor. Os livros, os filmes a as canções da cultura pop tentam nos explicar o que faz com que esses dois sentimentos sejam diferentes, mas, nem sempre obtém sucesso.

Dar uma definição para algo tão subjetivo realmente é uma tarefa muito complicada a as pessoas comumente tem muitas dificuldades de separar um sentimento do outro.

Devemos entender que o amor e a paixão são sentimentos que não podem ser confundidos. Mas, muitas vezes, em um relacionamento, é difícil identificar o que é paixão e o que é amor.

Muitas vezes, temos o pensamento de que o amor é apenas um simples sentimento de atração, que nos satisfaz, e quando algo acaba nos incomodando minimamente, paramos de “amar”. A verdade é que isso está muito longe de ser real.

O que realmente acontece, é que os dois sentimentos são completamente diferentes, e você vai entender mais sobre isso nestas ilustrações que mostram claramente essa diferença.

1) Amar é compartilhar e querer compartilhar, já a paixão se concentra mais em si mesmo…

2) No amor, dividimos de forma íntima a paixão e comprometimento. Já a paixão é completamente diferente disso. A pessoa idealiza apenas nas coisas que o satisfaz.

3) Na paixão, a primeira impressão é que vai contar diferente do amor do dia a dia…

4) Amar não significa apenas atender as necessidades que o corpo impõe, mas também atender a necessidade dos sentimentos, demostrando interesse, prazer em estar com aquela pessoa em especial e desejos por ela, que acontece sempre da forma mais natural possível…

5) Quando a pessoa ama ela sabe seus momentos, tanto os mais felizes quanto os mais difíceis. Existe uma diferença muito grande em mostrar ao outro que o ama…

6) O ato de amar é estar ao lado da pessoa em todos os momentos que serão vividos, sem interesse e sem pensar apenas em si mesmo. É compartilhar o dia a dia, mostrar que se importa de verdade e acima de tudo, fazer a outra pessoa feliz…

Uma paixão não dura mais que três anos, já o amor é o alimento que nutre os casamentos, namoros ou qualquer outro tipo de relação longa e séria. Livre do turbilhão emocional encontrado na paixão. O amor floresce com calma, dando ao indivíduo o desejo de estar com alguém sem abrir mão de si mesmo, e da sua individualidade.

Ou seja, amar é conviver ao lado de uma pessoa sem se anular, com uma parceria correspondida. Quando há parceria, admiração, intimidade e respeito entre um casal, os dois passam a querer construir algo mais forte e sólido juntos.

 

Escrito por Paulo Da Silva

Adoro escrever sobre curiosidades e notícias diversas. Curioso por natureza, amante de internet e tecnologia. Contato: [email protected]