6 Métodos estranhos usados antigamente para evitar gravidez

Confira esta lista de métodos pouco usuais que eram utilizados para evitar gravidez

Atualmente estão disponíveis muitos métodos para que deseja evitada a gravidez. Entre eles estão as pílulas anticoncepcionais, o DIU e também pelo diafragma. Um outro método, considerado mais barato entre todos é o uso do preservativo. Que além de evitar que ocorra uma gravidez indesejada, também evita contração de doenças sexualmente transmissíveis.

Mas, antigamente antes que estres métodos tenha sido descoberto, as pessoas acabavam tendo que utilizar de outras formas para evitar uma possível gravidez. Pensando isso, e para sanar a curiosidade dos leitores, fizemos esta lista dos métodos que eram utilizados antigamente para evitar a gravidez.

Confira agora esta lista um tanto quanto curiosa a respeito dos métodos utilizados antigamente para evitar a gravidez.

Pular para trás: No século II acreditava-se que as mulheres deveriam pular para trás 7 vezes, e que deveriam espirrar imediatamente após terem tido uma relação sexual.

Beber mercúrio frito no óleo: No século VII na China as mulheres bebiam uma tintura de metal, o mercúrio. Ele era frito no óleo e elas deveriam consumir ele de estômago vazio.Pesságio Vaginal: Este dispositivo era muito utilizado no final do século XVII e no início do século XIX. Ele era colocado no colo do útero da mulher por até quatro meses.

Coito Interrompido: Esta inclusive é uma história que está na Bíblia, a história de Onã. Na história ele ao ter relações com Tamar, utilizava deste método contraceptivo. Este método conta com o fato de que durante a relação sexual, o homem descartava o seu sêmen no chão. Este no entanto é o mias antigo método porém o mais falho. Em razão disso, Onã inclusive foi punido por Deus.

Fezes de crocodilo: No Egito Antigo, as mulheres utilizavam de uma pasta feita com leite azedo e fezes de crocodilo que era introduzida na vulva ou vagina das mulheres.

Preservativos feitos de intestinos de peixes e ovelhas: este tipo de método servia para que fossem evitadas doenças e que também as mulheres engravidassem. Estes preservativos precisavam ficar embebidos em água para que ficassem mais maleáveis para o seu uso. Para utilizar ele ficaria amarrado na base do órgão masculino com uma corda para que ele se mantasse no local. Depois de usados eles eram lavados e colocados para secar para serem usados novamente.

Estes métodos hoje em dia podem parecer muito estranhos, mas antigamente era o que as pessoas acreditavam e utilizavam para que fosse evitada a gravidez.

 

Escrito por Paulo Da Silva

Adoro escrever sobre curiosidades e notícias diversas. Curioso por natureza, amante de internet e tecnologia. Contato: [email protected]