Adolescente de 15 anos precisa ser internado por causa do vício em Fortnite

O menino passou dois meses em um hospital para se livrar do vício

Atualmente as crianças e adolescentes estão sempre conectados, jogos e redes sociais sempre conquistam a atenção deles que passam horas navegando no mundo virtual, mas o tempo que ficam conectados deve sempre ser observado para que não vire um problema.

Um adolescente de 15 anos acabou passando mais tempo do que deveria jogando vídeo game e seu pai precisou tomar uma atitude drástica já que já estava sendo considerado como um vício.

PUBLICIDADE

O que o pai observou foi que o menino não conversava com as pessoas, não dormia quantidade suficiente se negava a comer e tomar banho além de ficar uma média de 20 horas por dia jogando o mesmo jogo.

Com esses sintomas o pai procurou ajuda medica e o adolescente precisou ser internado por dois meses para que se livrasse do vício, os médicos que cuidaram do caso escreveram um artigo onde contaram todo o caso.

PUBLICIDADE

O pai do menino cuida dele e de sua irmã, sozinho já que a mãe dos dois faleceu em 2020, os psicólogos acreditam que o menino usou o jogo como uma válvula de escape e assim lidar com o luto quando perdeu a mãe.

Com a internação o garoto foi atendido por diversos profissionais que tentaram ajuda-lo a achar outras atividades que gostasse de fazer além de seguir a vida normal como antes quando tinha ótimas notas e era um filho exemplar.

PUBLICIDADE

 

Escrito por Julia Carolina

Gosto sempre de trazer novidades e curiosidades para manter o publico informado no dia dia, sigo a linha de noticias infantis e voltadas ao publico materno, alem de receitas e remédios caseiros.