Após o mau uso de coletor menstrual, mulher tem pés e dedos amputados por causa de infecção

A mulher que é de nacionalidade Francesa teve síndrome do choque tóxico isso ocorreu após ela permanecer um longo período com o coletor menstrual.

Uma mulher de 36 anos de idade, identificada como Sandrine Graneau, de nacionalidade francesa, precisou ser submetida a amputação de seus pés e de uma parte de seus dedos.

Isso ocorreu devido a ter pego uma infecção que foi originada pelo coletor menstrual. Conforme divulgado pelo jornal Le Parisien, a infecção teria se espalhado por alguns órgãos do corpo, como os rins, os pulmões e também o figado.

A mulher que trabalha na área de enfermagem, teria sofrido de síndrome de choque tóxico, e isso ocorreu após as bactérias Staphylococcus aureus, que são encontradas nas mucosas do corpo, como na vagina, se manifestarem.

Segundo os médicos a essas bactérias teriam entrado na corrente sanguínea, ficando alojadas lá, causando vários danos a saúde, principalmente se o sistema imunológico estiver sofrendo, pois pode ocorrer de surgir feridas no local.

Sem contar que elas também podem ocorrer de acertarem a corrente sanguínea e com isso estimularem o choque séptico. No meado do ano de 2019, a mulher começou a sentir fortes dores no seu estomago.

Essas dores surgiram acompanhadas de um intensa queda de pressão, segundo ela, a bactéria não é tão assustadora, os problemas são os estragos que ela pode proporcionar aos órgãos do corpo.

Pois a toxina teria se alastrado por todo os rins dela, incluindo o pulmão e o figado, causando um grande dano aos corpo dela, e por isso ela precisou de procurar ajuda imediatamente para tratar.

Os médicos tiveram que retirar os pés e os dedos dela, e isso teria sido o melhor caminho para ajudar no controle a septicemia. Essa síndrome é bem rara, mas quando ela desenvolve poder trazer sérios riscos.

As células encontradas no corpo se apresentam inflamadas, isso porque elas agem tentando combater o agente que vai atacar desencadeando uma condição de sofrencia, que pode ocasionar a falência dos órgãos.

Segundo estudos realizados a pouco tempo é possível associar o uso de absorventes parecidos com o tampão á síndrome de choque tóxico.

È possível que seja estimado que pelo menos 3/4 de casos relacionados a septicemia confirmados em mulheres possam ter ocorrido enquanto elas faziam o uso de tampões.

Na maioria das vezes os coletores menstruais são de extremo perigo, pois eles podem ser grandes contribuintes para a proliferação de bactérias dentro do corpo.

 

 

 

Escrito por Margareth Santos

Gosto de dedicar uma parte do meu tempo levando noticias e informações através de matérias relacionadas a tudo, inclusive de saúde, culinária, famosos e do mundo da maternidade.