Chuva de granizo em formato de coronavírus assusta moradores: “Será mesmo um sinal de Deus?”

De acordo com o jornal do México, o fenômeno foi registrado no dia 16 sábado

Chuva de granizo, é uma chuva caracterizada pela precipitação de pedras de gelo em formato arredondado, diferente da chuva que está em estado líquido, a chuva em granizo é em estado sólido, ela se forma acima das nuvens onde a temperatura é mais baixa, a água é solidificada e cai em forma esférica.

O granizo varia de tamanho, pode ser entre 0,5 e 5 cm de diâmetro, às vezes a chuva pode ser tão intensa e as pedras tão grandes, que podem devastar lavouras, destruir casas, carros e pode até ferir pessoas, portanto se estiver chovendo granizo, o local mais seguro é dentro de casa.

A chuva de granizo não costuma durar muito tempo, no máximo 50 minutos, mas é o suficiente para causar um grande estrago. Recentemente no México, uma chuva de granizo assustou os moradores porque o granizo   tinha formato de coronavírus, a população apelidou de “covid izo”.

De acordo com o jornal do México, o fenômeno foi registrado no dia 16 sábado, quando terminou a chuva de granizo e as pessoas saíram na rua perceberam que as pedras tinham formato do coronavírus, eram cheias de espinhos.

Devido ao pânico da população, alguns pensaram que se tratava de um castigo divino, as   pedras neste formato não é incomum. José Miguel meteorologista disse que granizo em sua maioria tem um formato esférico, mas eles podem variar de acordo com a tempestade e os ventos, tempestades mais fortes criam granizo mais esférico, mas pelas colisões eles transformam criando bordas de gelo.

Escrito por Informe Cl

Colunista de notícias dedicada a escrever artigos de qualidade sobre saúde, TV, notícias de grande repercussão, notícias gospel e demais assuntos.