Conheça algumas técnicas para acalmar cachorro com medo de fogos de artifícios

Possuem vários motivos que podem deixar os cachorros em pânico com os fogos, descubra o que fazer para enfrentar essa situação.

As pessoas que possuem cães em casa, sabe muito bem o que é passar apuros com esse bichinhos quando estão festejando com barulhos incluindo fogos de artifícios e foguetes.

Essa fase ruim fica muito mais comum em festas comemorativas de fim de ano, como natal e ano novo, mas também pode vim ocorrer antes, quando comemoram o time vencedor de uma partida de futebol.

Na maioria das vezes os cachorros quando ouvem o som de fogos já começam a chorar e ficar inquieto, uma atitude que acaba deixando o seu dono sem saber o que fazer para acalmá-lo.

Se caso você estiver incluido nesse numero de pessoas que fica em pânico sem saber como ajudar seu bichinho, fique atento em algumas dicas que iremos te orientar para deixar seu cãozinho mais calmo nesse momento barulhento.

Mesmo que seja um cachorro de porte pequeno, médio ou grande, nem que seja de raça ou sem, a maioria deles não se sente bem ao ouvir todo aquele barulho, e nem de ver tantas luzes juntas.

Barulho alto

Os ouvidos dos cachorros são bem mais sensíveis do que um humano, ele são capazes de conseguir ouvir sussurros que nós não conseguimos ouvir.

Agora imagine o quanto o barulho de um fogo de artificio pode prejudicar eles, analisando é bem alarmante, pior ainda se for filhote, pois se o barulho estiver muito próximo a ele pode ocasionar na perda da audição.

Ameaça

Uma outra razão é o sentimento que eles tem de se sentirem com sua segurança ameaçada, isso ocorre porque de repente o barulho se inicia, e não sabem exatamente em qual momento irá parar.

E isso pode ocorrer deles ficarem um pouco agressivos, pois estão tentando de alguma maneira se defender de algo que nem eles sabem.

Gatilho de estresse

Principalmente para os cachorros que passaram por alguma situação que deixaram traumas referente a sons muito altos, os fogos são a principal razão do surgimento do estresse dos cães, e acaba deixando ele com medo e bem ansiosos, aparecendo a angustia e o medo de não poderem ser protegidos.

Genética

Há casos de que o cachorro que está com medo do fogos, pode ocasionar dessa reação pela causa genética, deixando ele ficar com medo em algumas situações.

Então com base nisso, mesmo que você pegue ele no colo para acalma´-lo, possam não ter resultados significativos, pois mesmo eles percebendo que estão protegidos, eles não conseguem se controlar.

O que fazer com cachorro com medo de fogos

Agora que você já entende e sabe identificar quais são as principais causas de um cachorro ter medo de fogos, saiba o que pode te auxiliar nesse momento com eles, já que infelizmente você não poderá impedir que os fogos sejam impedidos de serem soltos.

Transmitir tranquilidade

Primeiramente é necessário que o cachorro esteja perto do seu dono, no momento em que se iniciar os fogos, pois dessa maneira ele se sentirá seguro com uma pessoa de confiança ao lado dele.

E também é muito importante que o dono transmita essa segurança ao cãozinho nesse momento, o ideal é que você não se assuste o ao segurá-lo não demonstre estar com medo também e nem o deixar apavorado.

Não é bom fazer com que o cachorro seja obrigado a deixar o local, ou nem correr para um lugar silencioso e que ele tenha que ficar sozinho.

É aconselhável que o cão fique a vontade, e não importa aonde, uma coisa é certa, quanto mais ele estiver tranquilo, mais calmo será para ele lidar com essa situação.

Então faça carinhos nele, distraia ele, e se possível abafe o ambiente para que possa eliminar um pouco do barulho, vai ser muito importante para o seu amiguinho.

Técnica da amarração com pano

Existe um truque bem interessante que é chamado de Tellignton Touch que pode ajudar muito seu animalzinho. Essa técnica constitui-se em amarrar o cachorro com o uso de uma faixa de pano, pressionando o dorso dele e fazendo com que a circulação sanguínea das bordas do corpo seje estimulada, reduzindo a tensão no dorso, e assim irá acalmá-lo.

Para praticar esse truque, fique de alerta pelo menos umas meia hora antes de começar a queima de fogos, pois dessa maneira o seu cãozinho já estará se dando melhor com a presença da faixa em seu corpo.

Amarre a faixa nele, de maneira que ela pegue o peito e o dorso, se transformando em um oito. Termine fazendo um nó no seu traseiro perto da coluna, fique atento para não pressionar demais, é importante que fique apenas firme, dando a impressão de que ele estivesse sendo abraçado.

Esse truque tem ótimos resultados com muitos cachorros, isso porque o fato de amarrar se repercute no sistema nervoso do animal, e absorve a informação e direciona ao cérebro que o deixará mais calmo.

Essa técnica não resolve totalmente a situação, mas com certeza será uma grande ajuda, pois assim eles poderão se sentir um pouco mais seguros e locais pequenos e que sejam apertados, e essa faixa nessa posição facilita essa sensação.

Se caso desejar aderir a essa técnica da caixa, é só você procurar por elas em pets shop ou poderá utilizar até um lençol de cama mesmo.

 

 

 

 

Escrito por Margareth Santos

Gosto de dedicar uma parte do meu tempo levando noticias e informações através de matérias relacionadas a tudo, inclusive de saúde, culinária, famosos e do mundo da maternidade.