Depressão e ansiedade não são a mesma coisa, saiba diferencia-las

Os dois transtornos andam de mãos dadas, mas tem causas sintomas e tratamentos diferentes um do outro.

Segundo pesquisas mais de 300 milhões de pessoas ao redor do mundo sofre com a depressão, e de acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), somente no Brasil cerca de 11,5 milhões de pessoas são diagnosticada com esse transtorno.

Em 2017 foram 18,6 milhões de brasileiros diagnosticado com ansiedade, e este é um quadro preocupante, pois isso representa 10% da população. A OMS comprova que o Brasil é o país mais ansioso do mundo.

Em alguns casos é possível confundir ou até se manifestar juntas. E cada uma delas tem seus sintomas, causas e tratamentos, e lógico, cada uma precisa de um acompanhamento de um profissional. Abaixo você irá saber diferencia-las, e isso vai te ajudar a detectar pessoas ao seu redor que precisam de ajuda.

Depressão: A depressão não é uma doença do mundo contemporâneo, mas na verdade ela vem desde muito tempo atrás, na sua linhagem de história e até na genética que podem agravar a predisposição à doença. Aliás, para muitos é difícil chamar de doença quando não há evidência física ou exames para diagnosticar esse transtorno.

Mas apesar disso, ela tem uma série de alterações químicas no nosso cérebro. Outros fatores que podem estar relacionados é o estresse diário.

ambientes que podem desencadear a depressão é o desequilíbrio metabólico ou hormonais, ambiente de competição constante, falta de afeto e carinho, empatia com pessoas, traumas como luto, desemprego, diagnosticados com doenças ou propícios a desenvolver doenças. Nada simples não é verdade? Pois ela engloba fatores físicos e biológicos.

A tristeza é passageira, mas a depressão é duradoura, nunca incurável.

Ansiedade: Ansiedade é aquele sentimento de frio na barriga na hora de alguma prova, ou ver alguém que a gente gosta, sentimento que todos tem e que de vez enquanto é normal. Mas ela passa a virar uma doença quando isso ocorre com muita frequência, os médicos classificam como Ansiedade Turbinada, um transtorno de saúde mental.

Para diferencia-las você precisa ver o ambiente em que você vive, o histórico familiar, experiências vividas. O médico receitará de início um psicoterapeuta. Na depressão você terá que tomar mais remédios do que com ansiedade, pois o seu tratamento não se baseia apenas em terapia.

Para ajudar uma pessoa com esses transtorno você precisa ter empatia, se colocar no lugar do outro, porque com o seu apoio você poderá tornar a vida de alguém mais leve e feliz.

Escrito por Emelly Santana De Souza

Redator de assuntos diversos, mais focado em notícias do gênero de política, esporte, entreterimento e saúde.