Entregador de comida é abordado por dois policiais e atitude é surpreendente

Em tempos de crise, o brasileiro não mede esforços para conseguir tirar o sustento da família e grandes exemplos de superação não faltam. Mas como todo o esforço vindo de pessoas trabalhadoras nunca é em vão, às vezes a recompensa vem de onde menos se espera.

Para ajudar no orçamento de casa, um homem de 39 anos, morador da cidade de Jundiaí, no interior de São Paulo, passou a fazer entregas dos bolos feitos pela própria esposa, além de fazer outras entregas de comida por aplicativo.

Para agilizar o serviço, o rapaz precisava de uma bicicleta, porém como não possuía nenhuma a solução foi alugar uma de um amigo, que lhe cobrava a quantia de 20 reais por semana.

No começo do mês, durante uma ação polícia, o trabalhador por abordado por dois policiais militares. Durante a abordagem, ele contou aos PMs sua situação, inclusive relatando o fato de a bicicleta ser alugada.

Desfecho da história surpreende e comove

Os policiais se sensibilizaram com a história contada pelo homem e decidiram achar uma forma de poder ajuda-lo. Eles então mobilizaram a comunidade para levantar dinheiro e comprar uma bicicleta para o entregador para que assim ele não precisasse seguir pagando o aluguel daquela que ele vinha usando.

A entrega do presente foi feita na última sexta-feira (25), dia de Natal, e o homem não conseguiu conter a emoção ao ser presenteado.

 

Escrito por Carlos Eduardo Dias Gouvea

Jornalista esportivo desde 1999, com experiência em coberturas de torneios profissionais e amadores de futsal. Trabalhei nos jornais Alternativa News (Osasco), Gazeta de Votorantim e Editor da Gazeta do Futebol e do SuperFutebol.