Garis encontram e devolvem dinheiro achado no lixo que pertencia a diarista e seria usado para pagar colégio da filha: ” Deus os abençõe”

Eles sabem como é difícil ganhar o salário depois de um mês inteiro de trabalho, recolhendo toneladas de lixo pelas ruas de Belford Roxo na Baixada Fluminense.

O trabalhador assalariado, sabe como é difícil com um salário ou pouco mais de um salário mínimo cuidar de uma casa e arcar com as despesas da família, isso não é diferente com os garis Cleinaldo Moreira de Souza Pires de 24 anos e Aroldo Henrique de Oliveira Pontes de 35 anos.

Eles sabem como é difícil ganhar o salário depois de um mês inteiro de trabalho, recolhendo toneladas de lixo pelas ruas de Belford Roxo na Baixada Fluminense.

PUBLICIDADE

Em meio à luta do trabalho pesado eles tem muitos sonhos, em um certo momento quando despejaram um dos tambores encontraram uma sacola plástica e dentro um carnê de escola e r$ 200 junto, sem pensar duas vezes os dois garis quiseram devolver o dinheiro para quem eles não conheciam, mas sabem que são as pessoas que estão passando dificuldades.

Os dois concordaram devolver o dinheiro para o dono é a coisa mais sensata a se fazer, eles não podiam interromper a coleta, não podiam parar estavam no meio do expediente, por isso esperaram o encerramento da jornada de trabalho.

PUBLICIDADE

Eles procurarem a escola, no carnê estava escrito o nome da aluna e a escola, lá conseguiram o endereço da mãe da criança, Luzinete da Silva.

PUBLICIDADE

Os dois rapazes ainda vestindo o uniforme da empresa, foram até a porta de Luzinete devolver o dinheiro.

Ela disse que foi por engano, foi misturado no lixo o carnê e o dinheiro, Luzinete ficou emocionada com a honestidade dos garis, quando a notícia ganhou as redes sociais, os dois garis que são amigos, receberam ajuda de muitas pessoas.

Escrito por Informe Cl

Colunista de notícias dedicada a escrever artigos de qualidade sobre saúde, TV, notícias de grande repercussão, notícias gospel e demais assuntos.