Mãe amarra pés e mãos da própria filha bebê para chamar atenção do ex-companheiro que é pai da criança

De acordo com denúncia, a mãe estaria amarrando a criança e em seguida fazendo vídeos do momento para chantagear o ex companheiro que é pai da bebê.

Em Alagoas, a Polícia Militar juntamente com o Conselho Tutelar de Girau do Ponciano, foram acionados para consumirem o resgate de uma bebê de apenas dez meses de vida da casa da própria mãe.

De acordo com denúncia, a mãe estaria amarrando a criança e em seguida fazendo vídeos do momento para chantagear o ex companheiro que é pai da bebê.

Ela queria fazer essas coisas com a filha, na intenção de que o pai dela se reconciliasse. As informações foram apresentadas através do portal G1 da globo nesse último dia 26 de janeiro.

O vídeo apresenta cenas assustadoras, onde a bebê aparece com as mãos e pernas amarradas com uma corda, e a mãe gravando toda a ação com muitas gargalhadas, ela ainda dá nomes a filha, chamando-a de ratazana.

Segundo informações do conselho tutelar, a gravação teria sido feita quando a mulher morava com a filha no estado de Minas Gerais. Mas só teria usado elas agora após a separação de pelo menos uma semana com o pai da criança.

Mãe e filha teriam ido para Alagoas, que é a mesma cidade onde mora a mãe do pai da menina. No último sábado, dia 23 de janeiro, a patrulha Maria da Penha e a policia militar foram até a residência para averiguar a denúncia.

A visita ocorreu após as autoridade terem acesso as imagens do vídeo e a avó insistir na visita para saber se a neta sofria maus tratos por parte da mãe, e acionaram o conselho tutelar para atuar no caso.

Logo abaixo você poderá conferir o vídeo:

https://youtu.be/fJ8CWSyCUHw

https://youtu.be/fJ8CWSyCUHw

Escrito por Margareth Santos

Gosto de dedicar uma parte do meu tempo levando noticias e informações através de matérias relacionadas a tudo, inclusive de saúde, culinária, famosos e do mundo da maternidade.