Mãe consegue “ver” filha que faleceu a quatro anos usando realidade virtual

Perder um filho é uma dor inexplicável, segundo a lei natural da vida, os pais deveriam ir primeiro que os filhos e o contrário é algo que deixa toda uma família arrasada, e destruída, mas a tecnologia pode ajudar a matar um pouco dessa saudade.

Uma mãe conseguiu ter um encontro com a filha que perdeu em 2016, com o usa da tecnologia Jang Ji-sung matou um pouco da saudade que sente, já que a filha faleceu em decorrência de uma doença.

Um canal de tv fez com que isso se realizasse, utilizando óculos e luvas de realidade virtual Jang conseguiu tocar e falar com a sua filha, além de vê-la obviamente, a mãe conta que ao conversar com a filha ela disse que lá não sentia dores, que estava bem e segura.

A menina ainda se despediu da mãe dizendo que iria dormir agora, estava cansada e iria repousar, a mãe chorou muito no programa de tv durante todo o tempo em que falava com a criança.

A mãe disse ainda no programa que foi importante para ela a experiência já que ajudou a aceitar a morte da criança, ela ainda falou que é incrível a sensação e agora sente mais amor do que saudade.

Mesmo com o depoimento da mãe sendo tão bom, algumas pessoas consideram que isso não é saudável, um filósofo disse ao jornal que é preocupante, as pessoas podem não conseguir lidar com isso e pode não ser bom já que a pessoa pode ficar dependente e pode querer manter esse contato de forma prolongada o que não é saudável.

Outras pessoas acham que isso pode começar a virar um negócio e pessoas podem usar da dor do outro para ganhar dinheiro o que seria desesperador para quem não conseguisse pagar pela sessão, perdendo a oportunidade de encontrar um ente querido que partiu.

Escrito por Julia Carolina

Gosto sempre de trazer novidades e curiosidades para manter o publico informado no dia dia, sigo a linha de noticias infantis e voltadas ao publico materno, alem de receitas e remédios caseiros.