Mãe deixa filha de 4 anos sozinha com ‘tio’ e se surpreende com imagens da câmera de segurança

O vídeo viralizou rapidamente pelas redes sociais, e chamou a atenção de internautas

Um vídeo foi rapidamente espalhado pelas redes sociais com um momento um tanto quanto inesperado, chamou a atenção doas internautas. Isso por que nele é mostrado uma homem e uma garotinha, que aparecem dando um show dançando juntos. O momento aconteceu quando a mãe da menina estava fora de casa. Ela deixou os dois sozinhos enquanto foi para o trabalho.

A menina, que se chama Nicoly, tem quatro anos de idade. A mãe, Nayara Venturyne, deixou a menina com JhonnyZurck, que é seu parceiro de dança e amigo. Ela precisou deixar a menina com o amigo, para poder sair para o trabalho. Nayara trabalha com serviço de bronzeamento artificial, e para atender os clientes, contou com a ajuda do amigo para que este ficasse cuidando da filha.

Nayara relatou que no momento em que chegou em casa, após o trabalho, foi recebida pelo amigo que pediu que ela olhasse as imagens da câmera de segurança, para ver o acontecido. As câmeras registraram o momento em que os dois dançaram juntos, e deram um verdadeiro show. Ao ver as cenas, a mãe de Nicoly ficou impressionada com o momento.

De acordo com a mãe da garotinha, o amigo contou para ela que os dois passaram a manhã inteira dançando juntos. Ela conta que ficou muito feliz, que por ser dançarina, ela acredita que a dança faz com que as pessoas fiquem mais felizes. Nayara também contou que filha ficou muito animada ao saber que o seu vídeo fez o maior sucesso nas redes sociais no Brasil inteiro.

Com muito orgulho da pequena e seu talento, a mãe destacou que o sonho de Nicoly é participar de algum programa de televisão. O vídeo da pequena com o parceiro de dança de Nayara, foi divulgado nas redes sociais, e em pouco tempo viralizou entre os usuários.

Escrito por Redator News Hero

Sou especialista em notícias da TV, fofocas de famosos e acontecimentos em geral. Também escrevo sobre acontecimentos no meio político.