Mãe deixa sua bebê com o pai e uma hora depois a menina está no hospital em coma

A mãe jamais imaginava que o pai da criança fosse capaz de tamanha crueldade.

Quando temos bebês em casa precisamos ter o máximo de cuidado com eles, são muito frágeis e os pais precisam saber disso, pois apenas um descuido pode ser fatal, o que aconteceu com essa garotinha é um grande exemplo disso.

Cheyenne Rae Owensby sempre foi uma garota linda e cheia de vida. A menininha linda nasceu saudável e a mãe a amava mais que tudo em sua vida, ela sempre foi tratada como o xodozinho da casa, com muito amor e muito carinho.

Os pais da pequena Cheyenne são separados e compartilham a guarda da filha. A cada 2 semanas a menina tem que ir para casa do pai, James para passar o fim de semana com ele. Em um fim de semana que a criança estava na casa do pai aconteceu uma tragédia, ela chorava muito e o pai já não sabia mais o que fazer, foi aí que ele tomou uma atitude que quase custou à vida da criança. Ele pegou a filha e a balançou violentamente para que ela calasse a boca, a menina teve o crânio fraturado.

A bebê de 8 meses foi levada imediatamente para o hospital em estado grave e o caso foi ficando tão complicado que ela teve que ser operada várias vezes até os médicos conseguirem parar a hemorragia cerebral causada pela fratura causadas pela violência dos movimentos de seu pai.

Os médicos pensaram que ela não iria sobreviver ou que ficaria em coma pelo resto de sua vida. Era um caso muito triste e sua mãe disse que quando soube do que havia acontecido com a filha ficou em pânico, tremia, chorava e vomitava, mas pedindo a Deus que salvasse sua filhinha, quando a viu no hospital coberto por ataduras e com as pernas escuras devido a uma trombose ela pensou que aquilo não era real.

Os policiais ligaram para ela e disseram que James havia confessado que sacudiu a menina, a mãe Amy sentiu o mundo desabar sobre ela, como o homem que ela havia amado e foi seu primeiro amor com quem ela dividiu 10 anos de sua vida teria coragem de fazer algo tão terrível com a filhinha deles?

A menina reagiu bem ao tratamento, não foi fácil, o pai da garota disse que perdeu o controle da situação. Ele foi condenado a 20 anos de prisão e sua filha ficou meses internada, ela perdeu quase metade do cérebro e está viva por um milagre. Hoje ela consegue se mover e fazer alguns sons, seu lado direito ficou paralisado e com 3 anos hoje ela terá que lutar com as dificuldades que enfrentará por toda a vida.

Escrito por Informe Cl

Colunista de notícias dedicada a escrever artigos de qualidade sobre saúde, TV, notícias de grande repercussão, notícias gospel e demais assuntos.