Mãe faz denuncia contra professor que cortou o cabelo de seu filho autista sem permissão

O menino que é alvo de bullying disse que ele ia o "consertar"

A alguns dias foi noticiado que um pai estava processando a escola por uma professora ter cortado o cabelo de sua filha  sem sua permissão, no caso se tratava de um cabelo afro, mas que segundo a família estava super bem cuidado e a menina se negava a voltar as aulas depois do que aconteceu.

Agora a mãe de Jonathan Battle-Hayum veio a público contar que seu filho passou por algo muito parecido na escola e apesar de ele ter 17 anos sofre de autismo e não respondia por si só sobre o assunto.

PUBLICIDADE

Nikki Battle disse que o menino ia fazer tranças no cabelo que também é afro e por isso estava deixando que crescesse, mas o professor cortou o cabelo e barba do menino além de ter aparado suas sobrancelhas.

A mãe do adolescente disse que se sentiu muito mal com o que aconteceu, pois, nem sequer foi consultada antes de tudo acontecer, e explicou que devido ao autismo o menino não costuma discutir ou dizer não para os adultos.

PUBLICIDADE

Jonathan contou que sofre sempre  Bullying na escola e os outros meninos ficam rindo dele por muitos motivos por isso quando seu professor disse que iria ajudar ele deixou pensando que se fizesse isso iria parar de ser motivo de piada.

A escola se manifestou dizendo que o professor agiu com boas intensões e estão levando a denúncia a sério, a mãe não concorda com o que foi dito e o adolescente não quer voltar a assistir às aulas.

PUBLICIDADE

 

Escrito por Julia Carolina

Gosto sempre de trazer novidades e curiosidades para manter o publico informado no dia dia, sigo a linha de noticias infantis e voltadas ao publico materno, alem de receitas e remédios caseiros.