Mâe que deu a luz a gêmeos aos 70 anos faz triste revelação sobre um deles seis anos depois

O caso chamou a atenção na época por causa da idade avançada da mãe e do pai.

Os médicos aconselham as mulheres a engravidarem até os 35 anos, pois após essa idade se torna perigoso a gestação, tanto para a mãe como para o bebê. Mas nós vemos cada vez mais mulheres grávidas aos 40 e 50, 60 e até 70 anos de idade.

Este fato aconteceu na Índia, uma mulher de 70 anos chamada Omkari Singh e seu marido, Charam de 83 anos de idade, viraram notícia em todo mundo, eles já tinham duas filhas e nesta ocasião eles decidiram engravidar por que desejavam ter um filho homem.

Eles realizaram uma fertilização in vitro e o sucesso foi tão grande que, a indiana engravidou de gêmeos, uma menina chamada Barsaat e o menino chamado a Akashvani, batendo o record mundial da mulher mais velha a engravidar.

Seis anos depois de Omkari ter dado à luz ao casal de gêmeos, ela quis falar sobre como estava a família, mas sua história apresentada possuía uma parte triste, pois ela estava apenas com seu filho Akashvani, a menina Barsaat morreu aos quatro anos de idade.

Tudo indica que foi por causa de um erro médico, um medicamento que havia passado da validade, disseram que a menina tomou o remédio errado, que foi uma negligência do médico.

A mãe disse que sente muita falta da filha, mas que tudo é de acordo com a vontade de Deus, ela também falou sobre as dificuldades de criar um menino nessa idade, pois agora ele está com 6 anos e ela com 76 anos de idade, o marido com 89.

Eles relataram que tudo é difícil, dar um banho, brincar, tudo é difícil nessa idade, porque a criança é cheia de energia, mas eles têm dificuldade até para andar, pois na velhice é difícil cuidar até de si mesmo.

Muito mais agora então cuidar de uma criança de 6 anos, os pais do menino ainda revelaram que não se preocupam com o futuro do filho, pois já conversaram com a sua filha mais velha de 56 anos para quê na falta deles ela venha a cuidar do garoto. O desejo da mãe é que o menino crescesse muito rápido, para poder ver o seu casamento, mas concluiu dizendo que está muito feliz por ser mãe do menino.

 

Escrito por Informe Cl

Colunista de notícias dedicada a escrever artigos de qualidade sobre saúde, TV, notícias de grande repercussão, notícias gospel e demais assuntos.