Mãe se descontrola com o choro da filha com paralisia cerebral que não parava de chorar e arranca o lábio inferior da criança com mordida

Kátia não conheceu o que é o amor de uma mãe.

Kátia tinha 6 anos e nasceu com paralisia cerebral tendo uma vida muito difícil, pois apesar de depender de sua mãe para tudo a mãe não a amava e não aceitava ter uma filha deficiente.

As duas eram da Rússia e a mãe odiava quando a filha chorava. O choro de uma criança representa muitas coisas, principalmente quando existem problemas de saúde.

A menina que vivia acamada chorava quando estava com fome ou quando estava molhada, mas nunca teve a compreensão de sua mãe que se irritava facilmente com choro de Kátia.

Em uma noite Kátia chorava muito e sua mãe perdeu a paciência por que nada fazia a menina parar de chorar, sua mãe então partiu para cima da criança e a atacou mordendo os seus lábios.

Os relatos horripilantes são verdadeiros, a mãe em um acesso de fúria arrancou o lábio inferior de Kátia rasgando com seus próprios dentes.

A menina ficou sofrendo com o lábio arrancado por muitos dias até que a mãe percebeu que não podia mais mantê-la em casa e precisou levá-la ao hospital. Assim que chegaram ao hospital os médicos perceberam que havia algo errado e chamaram a polícia.

A mãe então confessou o que havia feito com a menina e foi presa por quatro anos. A criança estava cheia de hematomas de outras agressões e contraiu diversas doenças por causa da mãe que era mesmo e negligente com os cuidados com ela.

Escrito por Informe Cl

Colunista de notícias dedicada a escrever artigos de qualidade sobre saúde, TV, notícias de grande repercussão, notícias gospel e demais assuntos.