Médicos alertam para câncer colorretal que atinge mais de 40 mil pessoas por ano no país

O tumor aparece no intestino grosso e no reto.

O mês de março fica marcado pelo movimento de conscientização mundial do câncer colorretal.

Esse tipo de câncer é um dos tipos mais comuns que acontecem no Brasil de acordo com dados do Instituto Nacional do Câncer que estima que no ano, no país mais de 40 mil pessoas são diagnosticadas com esse tipo de câncer que atinge tanto homens como mulheres.

O tumor aparece no intestino grosso e no reto e em 90% dos casos começam com um pólipo adenomatoso que durante os anos vai se transformando de forma progressiva em suas células.

A principal forma de prevenção contra o câncer colorretal é rastrear através dos exames e a retirada dos pólipos antes que eles se regeneram e se transformem.

É muito importante estar atento a qualquer sinal fora do comum que possa surgir premeditando o câncer colorretal.

Esses sintomas estão associados a sangue nas fezes e alteração drástica na rotina do intestino, além de surgir dores ou desconforto no abdômen.

Surgem também muita fraqueza e anemia além da perda de peso sem motivo aparente, alteração também no formato das fezes ou na massa abdominal, o abdômen fica inchado.

O câncer colorretal é muito silencioso e a maneira mais eficaz de rastrear esse tipo de câncer é a colonoscopia que permite um diagnóstico mais preciso e a ressecção das lesões que são possíveis através do tratamento endoscópico, quanto mais cedo for descoberto maior a chance do tratamento dar certo.

 

Via: uol.com.br

Escrito por Informe Cl

Colunista de notícias dedicada a escrever artigos de qualidade sobre saúde, TV, notícias de grande repercussão, notícias gospel e demais assuntos.