Menina conta que avó com doença mental tapava a boca delas para ninguém as encontrar, elas ficaram 8 dias desparecidas em uma mata em Goiás

a avó tapava a boca das meninas.

Em Goiás uma vó ficou desaparecida com duas netas por oito dias em uma mata na zona rural de Goianápolis em Goiás.

De acordo com informações a avó tampava a boca das crianças toda vez que alguém se aproximava da mata onde elas estavam e não permitia que as meninas pedissem socorro.

O desaparecimento da avó com as duas crianças acabou mobilizando policiais, bombeiros e familiares que se empenharam na busca para encontrá-las.

A menina Isabella Silva Fernandes de 11 anos contou para o pai depois que foram resgatadas que ouviu os gritos e a movimentação de pessoas perto do local onde elas estavam, mas era impedida pela avó de responder. De acordo com as informações a vó tem problemas mentais.

A menina dizia que no momento que elas iam pedir socorro a vovó tampava sua boca e não permitia.

A menina ainda disse que a vó teria dito que elas precisavam se esconder no mato e permanecer em silêncio porque estavam sendo perseguidas pelo pai do mato e ele queria matá-las, por isso as duas crianças seguiu a avó até a mata onde ficaram perdidas por oito dias.

Isabela e sua irmã Júlia Silva Fernandes de 6 anos e avó tasmânia Silva de Lucena Soares de 45 anos sumiram pela mata na manhã de 30 de março depois que foram deixadas em um supermercado na cidade de Anápolis onde iriam comprar presentes.

 

Escrito por Informe Cl

Colunista de notícias dedicada a escrever artigos de qualidade sobre saúde, TV, notícias de grande repercussão, notícias gospel e demais assuntos.