Mulher finge estar grávida de gêmeos, e no dia do parto engana o marido alegando que os bebês haviam morrido

Em depoimento ela relatou que teria passado todos os meses da gestação fingindo.

Um caso que aconteceu na Rússia recentemente vem tomando conta das redes sociais e chamando a atenção dos internautas, pelo fato da coragem de uma mulher diante de uma situação que ela poderia ser desmascarada.
Um homem que achava que havia se tornado pai, ficou bastante triste com a perda de seus dois filhos, no entanto quando ele descobriu a verdade sobre a morte de seus filhos ele acabou ficando ainda mais revoltado.
Isso porque a sua companheira estava o traindo, e após supostamente dar a luz aos seus filhos gêmeos, os bebê teriam morrido no parto.
No entanto no sepultamento das crianças, o pai descobriu que na verdade eram dois bonecos que estavam sendo enterrados, e não seus filhos que teriam morrido no parto como a sua companheira insistia.
O homem identificado por Daud Daudov de 33 anos de idade, teria acusado os médicos que atenderam a esposa gravida de terem participação na situação e ainda afirma que seus filhos na verdade teriam sido vendidos.
Após a repercussão da situação, a policia local revolveu investigar mais a fundo o caso, para tentar desvendar os mistérios que o acerca.
De acordo com as investigações, a esposa de Daud, nunca havia estado gravida de verdade, a mulher mesmo teria contado toda a verdade a policia.
Em depoimento ela relatou que teria passado todos os meses da gestação fingindo, e quando ela suspostamente teria ido ganhar as crianças, teria simulado a morte delas, colocando bonecos para que o marido não desconfiasse da mentira.
Diante de toda a verdade, o homem ficou bastante indignado e revoltado com a companheira, não conseguindo acreditar que a mulher fosse capaz de inventar uma mentira daquele tamanho.

Escrito por Margareth Santos

Gosto de dedicar uma parte do meu tempo levando noticias e informações através de matérias relacionadas a tudo, inclusive de saúde, culinária, famosos e do mundo da maternidade.