O bebê dá um abraço milagroso que foi capaz de salvar a vida de sua irmã gêmea, impossível não se emocionar

Bebê é colocada em incubadora com gêmea e abraço salva a vida da gêmea que estava morrendo.

O afeto e o toque humano utilizados pelos médicos em uma UTI acabou salvando a vida de um bebê prematuro.

As gêmeas nasceram  12 semanas antes do tempo e pesando apenas 900 gramas. Apesar do momento delicado as meninas conseguiram sobreviver as primeiras 78 horas.

Porém depois disso o desespero logo tomou conta dos pais quando apareceu uma complicação que teriam daqui para frente.

Uma das meninas estava com a saúde muito debilitada, seus níveis de oxigênio despencaram embora a pequena estivesse lutando para sobreviver.

As batidas do coração também diminuíram e ela estava sufocando.
Uma enfermeira de nome Gayle Kasparaian teve a ideia e perguntou aos pais se poderia fazer algo que nunca havia sido feito antes na tentativa de salvar a bebezinha.

Ela queria colocar as gêmeas na mesma incubadora na tentativa de fazer com que a proximidade das duas ajudasse a gêmea que estava correndo risco de vida.

O abraço milagroso

A enfermeira então colocou as gêmeas na mesma incubadora e iniciou um contato com a pele mais conhecido como cuidado canguru.

Em apenas alguns segundos Kyrie a irmã que estava bem colocou o bracinho em volta da sua irmãzinha criando assim uma cena linda de se ver e o milagre aconteceu quase que imediatamente.
Os sinais vitais de Brielle melhoraram rapidamente. Antes dessa experiência gêmeos e trigêmeos eram mantidos separados um do outro porque os médicos temiam que eles pudessem contrair infecções.

Mas o fato ocorrido com as gêmeas mudou todo o procedimento.

Hoje essa prática é aplicada com bebês que estão respirando com a ajuda de aparelhos e nasceram prematuros com até 23 semanas de gestação.

Seus irmãos gêmeos são colocados ao seu lado e os médicos vem obtendo grandes resultados com esse procedimento.


Brielle se recuperou e as gêmeas cresceram completamente saudáveis, cúmplices e amigas, compartilhando os mesmos gostos e a mesma visão do mundo.

Brielle com certeza deve sempre se lembrar que o abraço caloroso e cheio de amor que a irmã lhe deu foi capaz de salvar a sua vida.

Hoje já são adultas e como na foto continuam inseparáveis.

Uma linda história de superação que nos ensina que o amor é o elo mais forte capaz de trazer vida e cura.

Escrito por Paulo Da Silva

Adoro escrever sobre curiosidades e notícias diversas. Curioso por natureza, amante de internet e tecnologia. Contato: [email protected]