Para salvar seu bebê recém-nascido doente pai emagrece 15 kg para tornar-se o seu doador

O pai foi capaz de um lindo gesto de amor.

Um caso comovente aconteceu com a família que esperava alegremente a chegada do bebê. No entanto a criança nasceu com uma síndrome e por esse motivo precisava de um transplante de fígado com urgência para poder sobreviver.

A criança nasceu com a síndrome de Alagille que é um distúrbio genético e somente um transplante pode resolver o problema. A mãe do bebê não pode se tornar sua doadora porque também possui a síndrome, já o pai foi eliminado da lista de doadores por estar acima do peso.

A partir daí o pai do bebê que se chama Kelley começou uma luta contra a balança, esse era seu desejo: se tornar o doador para seu filho.

O pai começou a se exercitar e a fazer mudanças em sua alimentação. Ele contou que não sabia se seria compatível com seu filho, mas mesmo assim para passar pelo processo de avaliação ele precisava perder peso, e isso o incentivou ainda mais e em cinco meses ele conseguiu perder 15 Kg.

Assim que o pai do bebê alcançou o peso adequado os médicos começaram a avaliá-lo para ver se era compatível com a criança e depois de um tempo recebeu a boa notícia que ele era compatível com o filho e a cirurgia já havia sido agendada.

Ao saber da novidade o pai disse que precisou até se sentar de tão emocionado que ficou, a possibilidade de poder salvar a filha do a vida do filho era para ele a melhor coisa neste mundo.

O transplante aconteceu e foi um sucesso. A criança teve excelente resposta ao tratamento e para o pai cada grama de gordura que perdeu valeu a pena para salvar a vida de seu bebê recém-nascido.

Os médicos disseram que a criança será um menino saudável e o transplante deu ele a capacidade de ter uma vida normal. Tudo isso graças ao grande amor do seu pai por ele.

 

Escrito por Informe Cl

Colunista de notícias dedicada a escrever artigos de qualidade sobre saúde, TV, notícias de grande repercussão, notícias gospel e demais assuntos.