Pesquisas revelam que o consumo de refrigerante diet faz crescer o risco de derrame e demência

A pesquisa foi realizada levando vários aspectos em consideração, como, quantidade de refrigerante ingerida por dia, idade e hábitos cotidianos

Um estudo recente idealizado pela Universidade de Boston e posteriormente publicado na revista científica americana Stroke, traz indícios de que, se ingerirmos diariamente uma lata de refrigerante diet desenvolvemos até três vezes mais chances de termos demência ou mesmo sofrer um acidente vascular cerebral, isso se deu ao ser feitas comparações com pessoas que não consumiam bebidas do tipo.

Indo na contramão de diversos estudos já feitos anteriormente, essa pesquisa revelou ainda que, a versão açucarada desses refrigerantes não oferece risco de que estas doenças citadas se desenvolvam.

PUBLICIDADE

Matthew Pase, que foi o coordenador da pesquisa, revelou que não ficou surpreso com os resultados, mas com o fato de que o refrigerante açucarado não oferece risco para o desenvolvimento dessas doenças.

Cerca de 4 mil pessoas participaram do estudo, os quais foram divididos em dois grupos, conforme suas idades. O primeiro grupo continha 2.888 adultos acima de 45 anos, os quais eram avaliados sob a incidência de derrame, o segundo grupo por sua vez continha 1.484 pessoas, com idades iguais ou superiores a 60 anos, para que casos de demência fossem analisados.

PUBLICIDADE

A coleta de dados se deu por meio de questionários feitos pela Framingham Heart Study, que se trata de um projeto da Universidade de Boston, responsável por analisar doenças cardiovasculares.

Se baseando nos dados obtidos, os responsáveis pela pesquisa compararam a quantidade de bebidas diet com a normal, as quais eram consumidas pelos integrantes da pesquisa, entre os anos de 1991 e 2001. Após isso, realizou-se uma comparação entre os que sofreram derrame ou demência dentro desse período de 10 anos.

PUBLICIDADE

Durante esta década, houve a incidência de 97 casos de acidente vascular cerebral, dos quais 82 eram isquêmicos — quando há a obstrução de vasos sanguíneos – e cerca de 81 casos de demência, dos quais 63 se tratavam de Alzheimer.

O resultado obtido foi que, pessoas que ingeriram ao menos uma lata de bebida diet por dia, apresentavam 2,96% de chance de ter um AVC isquêmico e apresentavam mais 2,89% de chance de terem Alzheimer.

Escrito por Informe Cl

Colunista de notícias dedicada a escrever artigos de qualidade sobre saúde, TV, notícias de grande repercussão, notícias gospel e demais assuntos.