Saiba as 4 coisas, que você pode fazer para evitar o risco de Alzheimer

Infelizmente nos dias de hoje, as pessoas cada vez mais estão passando por essa fase de envelhecimento, que está levando a um grande numero de pessoas que estão sofrendo com o mal de Alzheimer.

Este assunto, serve de alerta para todas as pessoas, sobre os riscos. Infelizmente, não podemos esperar chegar á velhice com a saúde ao rubro né mesmo?

Os sintomas mais frequentes são:

A perda de memória,

Dificuldade em fazer atividades por mais simples que sejam no dia a dia,

Aumento da personalidade,

Complicações em comunicar.

Mas o tipo mais comum nesses casos, é que a doença, provoca um declínio avançado no cérebro. Mas também é possível, sofrer desse problema, mesmo antes de chegar á velhice, mas maioria é raro acontecer.

Maioria dos casos, essa demência se manifesta com o avançar da idade, e a genética acaba por ter bastante influencia. Mas infelizmente não conseguimos evitar que o envelhecimento aparece, e nem mudar o DNA, mas claro podemos optar por um estilo bem mais saudável, assim diminuindo o risco de demência.

Vamos dar algumas ideias para você:

Comece por fazer atividades, que ajudem a estimular o seu cérebro. Uma dessas dicas, é estudar, porque ajuda a manter o seu cérebro mais saudável.

Mas também poderá optar por ler, escrever, calcular, jogar barulho, aprender novas línguas, entre outros, que vão ajudar a desenvolver a sua mente.

Não tem idade para você fazer algumas dessas atividades, mas quando antes você der inicio melhor será. Outra sugestão, e você realizar atividades em grupo.

Existe diversos jogos, que ajudam você a estimular a memória.

Manter um bom contacto social, é ótimo:

O estudo indica que não existe nada mais saudável para a mente, do que o convívio com as pessoas. Sair para visitar aqueles amigos, e parentes, são coisas que não foram criadas para a solidão.

Mas claro você não precisa estar cercada de muitas amizades, o mais importante de tudo é manter um bom contacto, diário com as pessoas que lhe fazem bem.

Além disso, é importante que você faca uns exames de rotina, para que os problemas de saúde sejam descobertos a tempo. Porém quando uma pessoa sofre de doenças cardíacas, de pressão alta, ganho de peso ou mesmo diabetes, por exemplo ela corre mais risco de sofrer demência quando chegar na velhice.

Caso você saiba disso, e seja seu caso, devera seguir uma rotina planejada, para evitar esse declínio cognitivo. Nesse caso, será importante consultar o seu médico assistente.

Praticar exercício físico:

Talvez você nem saiba, mas o exercício físico, ajuda a proteger a sua mente. É por esse motivo que as pessoas sedentárias, tem uma grande oportunidade de sofrer de demência.

Porém os estudos, mostram que devemos praticar pelo menos 150 minutos de atividade moderada durante o período semanal. Mas caso seus exercícios estiverem com mais velocidade, o tempo deverá ser de 70 minutos por semana.

 

 

 

Escrito por Carla Sofia

Sou especialista em Receitas, dicas e saúde! Gosto sempre de estar atualizada de novas receitas e formas medicinais!