Saiba o que é a vaginose bacteriana, infecção que tem se tornado cada vez mais comum entre as mulheres

Esse mal tem atingido muitas mulheres.

 

Talvez você até se assuste com essa informação, mas seu corpo é povoado por milhares de bactérias e 57% das células que estão presentes no corpo humano não são humanas, trata-se de vírus bactérias, fungos e arqueas.

Esses microrganismos não representam perigo para a saúde quando estão de forma equilibrada no organismo. Mas quando surgem as alterações causam vários problemas principalmente para as mulheres que é o caso da vaginose bacteriana.

A vaginose bacteriana é uma infecção que é causada pelo desequilíbrio que acontece na flora da vagina. Acontece quando a quantidade de lactobacilos que vivem na região diminuem  e assim outra espécie de bactéria aumenta e predomina no local causando a infecção.

Como nós falamos no início deste artigo que o corpo é povoado por inúmeras bactérias. Muitas delas vivem em locais específicos como a mucosa bucal, a mucosa vaginal o intestino e em outros locais.

O conjunto das bactérias que vivem no corpo é chamado de Flora então a flora vaginal é composta por essas bactérias que vivem na região, mas sempre há um equilíbrio entre elas para que a saúde permaneça intacta. Quando a O desequilíbrio dessa Flora acontecem as infecções como caso da vaginose bacteriana.

A principal causa da infecção é orgânica não há um fator externo que cause a vaginose bacteriana. Essa não é uma doença considerada DST, mas existem alguns comportamentos que podem causar a infecção como, por exemplo, o uso do DIU, duchas vaginais que são usadas com frequência, tabagismo e penetração vaginal sem qualquer proteção depois do sexo anal.

Os sintomas produzem desconforto que são facilmente percebidos além do corrimento homogêneo de cor branca acinzentada e com cheiro muito forte parecido como peixe podre.

Algumas mulheres apresentam ardor, coceira no local além de dores na hora da relação íntima é preciso consultar um especialista para um tratamento adequado quando a doença não regride sozinha. Os remédios indicados pelos ginecologistas são pomadas e antibióticos que irão tratar a infecção.

Não se esqueça de deixar sua opinião sobre esse artigo, ela é de grande importância para nós e nos ajuda a entender a forma como nossos leitores estão vendo nossos artigos que são produzidos com todo carinho e profissionalismo para que a sua experiência de leitura seja a melhor possível.

 

Escrito por Informe Cl

Colunista de notícias dedicada a escrever artigos de qualidade sobre saúde, TV, notícias de grande repercussão, notícias gospel e demais assuntos.