Se surgirem bolhas em suas mãos e pés, fique atento; pois pode ser sintomas de Disidrose

Saiba o que é Disidrose, e descubra como tratá-la.

A Disidrose é uma doença cutânea não transmissível caracterizada pela formação de pequenas bolhas (vesículas) nas palmas e plantas das mãos, que podem causar coceira ou não. Essas vesículas geralmente se rompem após alguns dias e ocorrem esfoliação e nós no local da lesão.

As causas da Disidrose incluem fatores emocionais, alergias, medicamentos e micose, embora geralmente não tenham causas conhecidas. O tratamento é difícil e a doença geralmente é recorrente.

A Disidrose afeta homens e mulheres de todas as idades, embora seja mais comum entre 20 e 40 anos. Seu aparecimento geralmente está relacionado ao estresse emocional ou ao suor excessivo nas mãos e pés.

Entre os principais sintomas estão as bolhas (vesículas) pequenas e profundas com base avermelhada, aparecendo principalmente nas faces laterais das palmas das mãos e dos pés, podendo também afetar a planta dos pés.

Uma terrível sensação de calor e coceira nos locais lesionados; Se o local estiver com rachaduras ou infeccionado pode haver lesões com bastante dores.

Pode haver coceira no local e as unhas apresentarem a forma alterada.

É comum haver descamação e formação de crostas no local das lesões.

Feito o diagnóstico, o dermatologista responsável fornecerá o melhor tratamento para cada caso de sudorese. Geralmente, é recomendado o uso de cremes contendo corticoides fortes para ajudar a curar as lesões mais rapidamente.

Além disso, é recomendável manter a área hidratada o tempo todo, pois a pele desidratada é mais suscetível a eventuais alergias que podem causar suor.

As complicações da síndrome do suor não são comuns, geralmente apenas sintomas perturbadores e risco de recorrência. No entanto, a infecção bacteriana é uma complicação rara porque a coceira na pele pode causar bolhas, e esse contato com as unhas pode se tornar uma porta de entrada para a infecção.

Atualmente, não existe uma forma eficaz de prevenir a Disidrose, porque sua causa geralmente é desconhecida. No entanto, aprender a lidar com o estresse, evitando a exposição a produtos químicos e metais e outras medidas pode ajudar a preveni-lo.

 

Escrito por Margareth Santos

Gosto de dedicar uma parte do meu tempo levando noticias e informações através de matérias relacionadas a tudo, inclusive de saúde, culinária, famosos e do mundo da maternidade.