Segundo cientistas; o uso do celular pode estar deformando seu crânio

Cientistas analisaram inúmeros exames de imagem do crânio de pessoas com diferentes idades e chegou a conclusão que sim, seu celular pode estar deformando seu crânio.

Que o celular veio pra ficar não é novidade, o número de aparelhos já ultrapassou o de usuários; sendo que uma pessoa tem em média de 2 a 3 celulares. Chamado de mal do século, o uso do celular vem sendo questionado e estudado desde sua criação, os cientistas vem procurando saber sobre os prós e contras desse aparelho tão comum.

Em estudos relacionados a saúde, já foram questionados se as ondas que o aparelho emitiam causavam câncer, se a luz do aparelho prejudicaria a visão, se o uso dos assessórios de áudio desse aparelho estaria ligado ao altos índices de surdes em jovens entre 14 e 29 anos; mas pela primeira vez um estudo poderá comprovar cientificamente que o aparelho estaria causando uma deformação no crânio dos seus usuários.

Segundo um estudo feito na Universidade da Costa do Sol, na Austrália; utilizando imagens de crânios de diferentes idades estariam percebendo uma certa diferença em crânios mais jovens, que seria associado ao maior tempo de uso do aparelho de celular.

Os cientistas estudaram 1200 pessoas com idades entre 18 e 86 anos, e teriam percebido um crescimento incomum conhecido como entesófitas ou protuberância occipital externa aumentada (EEOP), esse alongamento seria causado pelo tempo em que os usuários estariam utilizando o aparelho.

O estudo ainda afirma que a deformação afetaria também a coluna cervical, uma vez que durante o estudo foi confirmado esse crescimento ósseo incomum em homens entre 18 e 30 anos, onde teria ocorrido um crescimento de 2,6 do osso, provavelmente causado pela má postura causada pelo uso do celular.Os cientistas afirma que havia 20 anos que não se via uma situação tão nítida sobre o fato do uso dos aparelhos, os cientistas no entanto só relacionaram essa anomalia óssea ao uso do smartphone após terem acesso a um outro estudo que abordou a a relação da má postura com o uso do aparelho celular.

Os cientistas explicaram que possivelmente o uso de aparelhos portáteis que favorecem a má postura durante seu uso, depois de um longo tempo de uso acabam favorecendo o crescimento desconforme desse “osso” e que posteriormente mais da metade das pessoas já terão a anomalia óssea.

Resultado de imagem para usando celular

Os cientistas aconselham a moderação do uso do aparelho e cuidar da postura sempre, uma vez que o uso prolongado desse aparelho propicia um relaxamento na postura e assim causando vários alem da possível formação desse osso sobressaliente no crânio.

Você pode saber se já possui esse ossinho a mais, usando o próprio tato; ao apalpar a parte posterior da cabeça próximo a nuca no encaixe entre o crânio e a coluna cervical, se perceber que o osso esta se alongando assemelhando-se a uma pequena “cauda”, é aconselhável cuidar melhor da sua postura.

Resultado de imagem para alongamento

É sempre bom prestar a atenção nesses descuidos que passam despercebidos, mas eles não causam somente um alongamento de um osso, a má postura por longos períodos causam a curvatura da coluna, possíveis problemas na coluna e dores nas costas pescoço e pernas. Para evitar, cuide da sua postura.

Escrito por Paulo Da Silva

Adoro escrever sobre curiosidades e notícias diversas. Curioso por natureza, amante de internet e tecnologia. Contato: [email protected]