Você é ansioso, tem insônia, é nervoso? Veja agora alguns calmantes naturais que vão te ajudar a controlar isso:

Um excelente calmante natural é a flor do maracujá

Um excelente calmante natural é a flor do maracujá que além de ser fácil de encontrar, contém propriedades sedativas, ajuda a controlar a ansiedade, favorece no sono e deixa a pessoa mais serena e calma.

Mas não é somente a flor do maracujá que contém essas propriedades, há muitas outras plantas medicinais que contribuem para o bem estar: a Valeriana, essa raiz é estimulante do sono, tem uma ação calmante, por isso é indicada em casos de insônia, fobia ou ansiedade.

Também tem a camomila, que é conhecida de todas as pessoas, tem ação calmante, age no sistema digestivo e nervoso e é capaz de trazer uma sensação de calma no estado de agitação.

Tem também a erva de São João, chamado de hipericão, é um restaurador para o sistema nervoso e antidepressivo e combate a ansiedade e agitação, outra erva é a tília que auxilia no tratamento do sistema nervoso, distúrbios nervosos, combate o stress, a histeria e a ansiedade.

A Melissa ou cidreira, conhecida por muitos como erva-cidreira, tem ação calmante, contribui para o sono e combate a ansiedade e o nervosismo, também a Alfazema que a rica em cumarina, e possui propriedades relaxantes, combate a tensão nervosa.

É fácil fazer esse tratamento natural, pois a pessoa deve simplesmente fazer um chá dessas plantas, não há necessidade de nenhum outro acréscimo alimentar nem mesmo o medicamento farmacêutico.

Essas ervas são capazes de agir no sistema nervoso, intestino e a longo prazo funciona para trazer alívio as crises de ansiedade, nervosismo e histeria.

Geralmente os fisioterapeutas e nutricionistas indicam o uso desses suplementos, para combater a ansiedade e o nervosismo, para se fazer o chá, basta adicionar algumas gramas da planta em uma xícara de água fervente por aproximadamente 5 a 10 minutos e pode ser tomado de duas a quatro vezes ao longo do dia, a vantagem dessas ervas é que não possuem efeito colateral.

Mas o médico deve orientar quanto a dosagem, pois algumas dessas ervas consumidas em excesso podem ser tóxicas.

 

Escrito por Informe Cl

Colunista de notícias dedicada a escrever artigos de qualidade sobre saúde, TV, notícias de grande repercussão, notícias gospel e demais assuntos.